Noticia Blog

Menos sal, mais saúde

Categoria: Alimentação
Data: 14/07/2017
Por: Rede Clinica Popular

O sódio aliado ao potássio ajuda na manutenção do equilíbrio da quantidade de água nas células e a manter a normalidade no fluxo de sangue. Entretanto, nem tudo são flores, o consumo em excesso do sódio tem relação direta com o aumento na predisposição para doenças crônicas, como a hipertensão, problemas renais e cardiovasculares. Juntando esses distúrbios alcança-se a estimativa de 63% de mortes no mundo e no Brasil esses números aumentam para 72%, mais da metade de falecimentos acontecem como pessoas que possuem menos de 60 anos.

É, assim, necessário chamar a atenção para estas estatísticas afinal o sal está presente no nosso dia a dia, em quase tudo o que comemos, não apenas nos alimentos cozidos em casa, mas também nos produtos industrializados.

Até o momento, mediante um acordo entre o Ministério da Saúde e a Indústria de Alimentos, feito em 2011, foram removidos 14,89 mil toneladas de sódio dos seus produtos. O previsto é que até 2020 essa redução chegue a 28,56 mil toneladas.

Porém, devemos reforçar a atenção para a ingestão do sódio, a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda a ingestão de no máximo 2 gramas por dia, o equivalente a 5 gramas de cloreto de sódio, entretanto, no Brasil, a maior parte da população utiliza cerca de 12 gramas de sal por dia, ultrapassando em muito o recomendável.

Adotar uma nova dieta, com a redução do cloreto de sódio, exerce um impacto benéfico imenso em nossa saúde, logo, vale a pena ficar mais atento aos rótulos dos produtos e dedicar-se às recomendações, tornado sua vida mais saudável e prazerosa.

Deixe seu comentário: