Noticia Blog

O que fazer com cascas, sementes e talos de alimentos?

Categoria: Alimentação
Data: 01/09/2017
Por: Rede Clinica Popular

Poucos têm o conhecimento que podemos aproveitar até 100% dos alimentos consumidos no nosso cotidiano. Ao preparamos uma alimentação desperdiçamos até 30% do que poderia ser aproveitado, como cascas e talos, além das sementes de frutas e legumes. As cascas de legumes, frutas, talos e sementes podem ser usadas para preparos de sucos, vitaminas, pães, bolos, farofas, geleias e temperos. A maioria das cascas de legumes e frutas, assim como os talos e sementes, são ricas em vitaminas C e A, fibras e minerais, sendo uma excelente fonte de nutrientes que auxilia no funcionamento equilibrado do nosso organismo. Lembrando que demais nutrientes também estão presentes, mas em pequenas quantidades.

reaproveitamento de cascas de frutas e verduras oferece vitaminas essenciais ao organismo

Algumas vitaminas encontradas nas cascas de frutas e legumes, talos e sementes têm papéis importantes para o nosso corpo. Confira:

Vitamina C: é encontrada nas cascas de banana, abacaxi, goiaba, limão, mamão, talos de agrião e brócolis. Atua combatendo os radicais livres por ser antioxidante, podendo diminuir as linhas de expressões e reduzir as rugas, estimulando a produção natural de colágeno.

Vitamina A: assim como a vitamina C, é encontrada nas cascas de frutas e talos, está presente em grande quantidade nas cascas de banana, mamão e talos de agrião, espinafre, brócolis e casca de cenoura. Essa vitamina beneficia a visão e auxilia a pele por ter propriedades antioxidantes e inflamatórias. A deficiência de vitamina A pode causar ressecamento na pele, dificuldades de enxergar no escuro e pode prejudicar os aparelhos respiratório e gástrico.

Fibras: as cascas de legumes, frutas e talos têm uma quantidade significativa de fibras, que auxiliam e regularizam o sistema digestivo. Auxiliam na diminuição do colesterol, controle de peso, controle da glicemia e aumento de saciedade.

Minerais: encontrados principalmente nas cascas de maracujá e talos de agrião e espinafre. Desempenham funções vitais e favorecem o equilíbrio do organismo, como a manutenção das células, regularização das enzimas do corpo, equilíbrio ácido base e contração muscular.

Sementes: as mais consumidas são as sementes de abóbora que agem como germicidas e contêm mais do que o dobro das fibras encontrada no próprio fruto. A semente de melão tem vários benefícios, porém é pouco conhecida, ela ajuda no transporte de nutrientes pelo corpo e fornece energia. Muito utilizadas em saladas e vitaminas.

Artigo de especialista – Glaucia Gomes*

Deixe seu comentário: