Noticia Blog

Novas orientações para consumo diário de sal e potássio

Categoria: Alimentação
Data: 08/09/2017
Por: Rede Clinica Popular

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reduziu ainda mais a recomendação do consumo diário de sal entre adultos. Antes, a orientação era para ingestão de, no máximo, 5 gramas de sal (o que equivale a 2 gramas de sódio), que passou para menos de 2 gramas de sódio por dia.

A nova orientação recomenda uma ingestão diária menor a 5 gramas de sal. Isso equivale a menos de uma colher de chá rasa ou cinco pacotinhos servidos em restaurantes, já que cada um contém 1 grama.

O órgão também fez recomendações quanto à quantidade diária necessária de potássio para um adulto: pelo menos 3,51 gramas. As crianças também entraram na divulgação da OMS, mas a quantidade recomendada varia e depende da idade, do peso e das necessidades calóricas de cada uma. As medidas se aplicam a crianças com mais de dois anos de idade.

Especialistas aconselham a substituição do sal por temperos naturais, como cebola, alho, salsinha, cebolinha, orégano, hortelã, manjericão, coentro, cominho, entre outros,  e evitar carnes muito salgadas, como bacalhau, charque, carne-seca e defumados. Outros vilões, segundo a Organização, são os produtos processados, como pão, bacon, refrigerantes, salgadinhos, doces, massas instantâneas, sopas, caldos em cubos e condimentos como molho de soja.

Uma pessoa com níveis elevados de sódio ou baixos de potássio pode desenvolver pressão alta, fator que aumenta o risco de doenças cardíacas e derrames, as duas principais causas de morte e incapacidade no mundo, segundo dados publicados pelo Departamento de Nutrição para Saúde e Desenvolvimento da OMS.

Deixe seu comentário: