Noticia Blog

O Colesterol e a Alimentação

Categoria: Alimentação
Data: 15/09/2017
Por: Rede Clinica Popular

Neste mês de setembro vamos dar atenção às doenças cardiovasculares, iremos falar sobre um dos pontos que mais causam eventos cardíacos nos indivíduos, o colesterol elevado.
O nosso corpo produz naturalmente o colesterol, (chamado colesterol endógeno) e ele é importante em muitas funções corporais, dentre elas a produção de hormônios. Existe também o colesterol que ingerimos através da alimeNeste mês de Setembro vamos dar atenção às doenças cardiovasculares, iremos falar sobre um dos pontos que mais causam eventos cardíacos nos indivíduos, o colesterol elevado.
O nosso corpo produz naturalmente o colesterol, (chamado colesterol endógeno) e ele é importante em muitas funções corporais, dentre elas a produção de hormônios. Existe também o colesterol que ingerimos através da alimentação.
Quando em excesso (hipercolesterolemia), o colesterol pode se depositar nas paredes das artérias, que são os vasos que levam sangue para os órgãos e tecidos, determinando um processo conhecido com arteriosclerose. Se esse depósito ocorre nas artérias coronárias, pode ocorrer angina (dor no peito) e infarto do miocárdio. Se ocorre nas artérias cerebrais, pode provocar acidente vascular cerebral (derrame).
Por isso, é imprescindível a alimentação saudável e a prática de atividade física, que ajudam na manutenção e controle desses níveis de colesterol, evitando qualquer tipo de evento cardíaco.
Aqui vão algumas dicas de alimentação para redução e prevenção do colesterol elevado:
• Prefira o consumo de carnes com baixo teor de gordura, como músculo, patinho, lagarto, filé mignon, coxão duro;
• Dê preferência ao consumo de carnes brancas, como frango(se00m pele) e peixes;
• Evite alimentos fritos, substitua por preparações cozidas, assadas ou grelhadas;
• Evite massas muito gordurosas, como a podre(usada para empadas);
• Evite queijos amarelos, prefira o branco;
• Substitua o leite e o iogurte integral por desnatados;
• Evite o alto consumo de doces e açúcar,
• Aumente a ingestão de vegetais crus (folhas). Eles são compostos por fibras, que ajudam a diminuir a absorção do colesterol e das gorduras. De quebra, melhoram o funcionamento do intestino;
• Aumente o consumo de grãos integrais, como arroz integral, pão integral, aveia, linhaça;
• Evite a gordura hidrogenada, o ideal é usar os poliinsaturados: óleo de milho, de girassol, de canola e de oliva;
Lembre-se de sempre consultar um nutricionista.

 

Deixe seu comentário: